Ateliê Karol Poerner - Recursos Bíblicos Didáticos

Conheça toda linha de Recursos Bíblicos Didáticos clicando aqui.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Ministério Infantil de Mãos dadas com a Família - Agressividade Infantil

Olá amigos do Ministério Bíblico Infantil Virtual! Que saudades de postar!
Para a glória de Deus estou trabalhando bastante por esses dias.
Fazendo um Recurso aqui, outro ali, compartilhando coisas boas do Reino de Deus com voluntários de Ministério com Crianças. E principalmente anunciando Jesus aos corações das crianças! Isso é bom demais!

Nesse ano de 2014 iniciei uma seção aqui no meu blog direcionada a trabalharmos situações vivenciadas dentro do lar, em família, que envolvam as crianças.
Ainda não tinha dado um título para essa seção, mas já escolhi um título e ela se chamará "Ministério Infantil de mãos dadas com a Família".

Recebi um email da mamãe Patrícia Brasil dizendo assim:

"Olá Karol,
Achei seu blog e adorei, muito bom, Parabéns!
Li que você responde para as mães sobre crianças,dentro da Palavra de Deus. Meu filho de 5 anos sempre teve comportamento agressivo, na escola, na rua com as crianças e dentro de casa com os adultos. Já usei castigo, conversa, cantinho da disciplina da supernanny, etc. Nada deu certo. Oro a noite, ungindo a cabeça dele e pedindo a Deus a melhora desse comportamento. Mas se você tiver mais opinões, agradeço, pois já estou desistindo de sair com ele devido esse comportamento e também a hiperatividade. Grata, Deus a abençoe." Patrícia Brasil

Respondendo a Patrícia Brasil:
Primeiramente obrigada pelas palavras de carinho.
Antes de escrever aqui algumas linhas conversando com vocês, amigos voluntários de Ministério com Crianças ou pais e responsáveis por elas, sobre a questão apresentada pela mamãe Patrícia, quero deixar bem claro que desejo ajudar aos pais com orientações que tenho aprendido na Palavra de Deus, durante esses anos que trabalho com as crianças e também compartilhando experiências desse tempo em que sou mãe.
A questão da agressividade tem sido algo muito notável na vida de muitas crianças.
Se eu estivesse conversando pessoalmente com você Patrícia faria algumas perguntas:
Como é o dia-a-dia do seu filho? Quem cuida dele? O que seu filho assiste na televisão durante o dia? Ele já vai à escola?
Tive uma experiência de ver minha filha ficando agressiva com a mesma idade que seu filho, aos 5 anos. 
Por isso comecei a investigar o que seria a fonte para aquela agressividade. 
Como na minha casa somos muito seletivos quanto ao que a Eduarda assiste na televisão, alguns desenhos que deixava ela assistir e percebi algum traço de violência, cortei.
Porém percebi que a Eduarda continuava apresentando em seu comportamento atitudes de lutas violentas.
Houve um dia em que ao ser repreendida por alguma atitude errada, que não me recordo no momento, minha filha veio próximo a mim e esboçou a reação que iria me morder.
Aquilo foi um forte alerta para mim, pois percebi que a situação estava ficando complicada.
Orando e pedindo sabedoria a Deus, um dia quando fui deixar minha filha na escola, enquanto me despedia dela na porta de sua sala de aula vi a violência com que os meninos da sala dela se tratavam enquanto brincavam de luta.
Foi a resposta ao meu questionamento acerca daquele comportamento violento que a Eduarda estava começando a ter em casa.
Então, creio que o primeiro passo que um pai, uma mãe precisa dar para descobrir um comportamento estranho de seu filho, ou filha é orar e investigar o que leva aquela criança a agir desse jeito. 

Algumas perguntas podem ajudar:
Será que essa criança está sendo acuada por alguma outra criança, ou adulto?
Essa criança convive com outras crianças que tem o mesmo comportamento?
Dentro do lar, como os adultos se tratam na frente dessa criança?
Eu tenho separado um tempo de qualidade para brincar com meu filho?

Muitas outras perguntas podem surgir e nós precisamos gastar tempo para ajudar nossos filhos com seus problemas, ainda que estes pareçam insignificantes e sem grande importância. 
A Bíblia diz em Provérbios 20.11:
"Até a criança se dará a conhecer pelas suas ações, se a sua obra for pura e reta."

As atitudes de uma criança revelam muitas coisas a respeito delas.
Para as crianças determinados problemas, como por exemplo o medo de escuro, ou ser zombada por outros, podem ser verdadeiros gigantes.  
O próximo passo que pode ser adotado é buscar na Palavra de Deus, histórias bíblicas completas, ou mesmo versículos bíblicos que ajudem a criança a entender que o seu mau comportamento desagrada a Deus.
Mostrando a criança que ela está pecando e desagradando ao Senhor Deus, dê os primeiros passos no ensino da Oração de Confissão.
É importante ajudarmos nossos pequeninos a enxergarem aquilo que é errado segundo a Palavra de Deus
A criança pode demonstrar resistência no princípio, mas com uma boa dose de paciência e perseverança, é possível ir incutindo dentro do coração e personalidade da criança os princípios da Palavra de Deus que irão ajudá-la a mudar completamente de comportamento.
Você disse no seu email que ora por ele todas as noites, mas te aconselho a ensinar seu pequenino a usar as palavras dele para falar com Deus. Incentive seu filho a orar por conta própria, mas acompanhe-o sempre pare esse momento.
A oração jamais deve ser aplicada como se fosse um castigo. Ela deve ser apresentada a criança como uma forma de diálogo com Deus, se aplicada como castigo a criança passará a sentir raiva de ter que realizá-la.

Com relação a hiperatividade, não sei muito sobre esse assunto, creio que um especialista (geralmente neurologista, pediatra ou psiquiatra) deva ser consultado para lhe dar informações e orientações que lhe ajudem.
Creio muito no poder da oração (Tiago 5.16) e sei que se você orar mamãe Patrícia, o Senhor Deus irá lhe dirigir em todos os passos que precisar dar.


"Ministério Infantil de Mãos dadas com a Família"

Se você é papai, mamãe, vovô, vovó, titio, ou titia e quiser participar dessa seção aqui no blog envie seu email para karolpoerner@gmail.com
Você pode enviar uma dúvida, pedido de ajuda, ou também um testemunho na vida de uma criança para compartilharmos por aqui.


Deus nos ajude na nossa Missão de Pais e Responsáveis pelas Crianças!

3 comentários:

  1. Que lindo Karoll!

    Que o Senhor te use cada vez mais nos lares que tanto precisam de estrutura espiritual!!!

    :-) Sandra.

    ResponderExcluir
  2. Benção o seu trabalho , concordo que a vida das crianças e sua família estruturada na palavra do Senhor .

    ResponderExcluir
  3. usarei este lindo testemunho para reuião de pais.
    bjss
    parabens Karoll

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua Visita ao meu blog!
Se o seu comentário necessita de resposta deixe seu e-mail para que eu possa lhe retornar.
"..., mas aqueles que buscam ao Senhor de nada têm falta."
Salmo 34.10b

POSTAGENS MAIS VISITADAS