Ateliê Karol Poerner - Recursos Bíblicos Didáticos

Conheça toda linha de Recursos Bíblicos Didáticos clicando aqui.

POSTAGENS MAIS VISITADAS

terça-feira, 29 de junho de 2010

Uma Esposa para Isaque_para colorir

De KAROLLINE POERNER_MINISTÉRIO INFANTIL

O CASAMENTO DE ISAQUE COM REBECA_VISUAIS PARA COLORIR

Estes visuais são referentes a história bíblica de Gênesis 24.




quarta-feira, 23 de junho de 2010

SUGESTÃO DE LOUVOR PARA O DIA DOS PAIS_TURMA DO PRINTY

Olá Pessoal!!! Como vão todos?
Não tenho postado muitas novidades, né? Mas, é que meu scanner deu um problema e aí não estou podendo postar imagens novas, mas espero poder resolver este problema em breve.
Recebi um e-mail da minha amiga Rosângela Oliveira me pedindo idéias para o Dia dos Pais.
Deixo aqui como sugestão uma Canção que para mim é muito linda deste Cd da Turma do Printy vol.1 entitulada MEU PAI, MEU AMIGO

De KAROLLINE POERNER_MINISTÉRIO INFANTIL

Já ensaiei os pequeninos em outras oportunidades com este louvor e ficou uma apresentação linda!!!
Quem quiser conhecer outros cd's para datas comemorativas diversas e outros materiais faça uma visita ao site http://www.turmadoprinty.com/

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Mini - Cartaz_Mateus 28.18,20

Fiz este Mini-Cartaz ofereço como ajuda a amiga Socorro Costa. Disponibilizo para quem mais precisar.
Obs: Quando estava fazendo o download destes mini-cartazes eles foram parar direto no meu álbum no Picasa e não quiseram aparecer normalmente aqui no blog de jeito nenhum então baixe este cartaz e confira os outros que eu já fiz aqui
http://picasaweb.google.com/karolpoerner/VERSICULOSVISUALIZADOS_feitosPorKarol#

De VERSÍCULOS VISUALIZADOS_feitos por Karol


De VERSÍCULOS VISUALIZADOS_feitos por Karol

segunda-feira, 7 de junho de 2010

RUTE_HISTÓRIA EM 12 DESENHOS PARA COLORIR

Faça o download da história de Rute completa em 12 desenhos para colorir aqui http://www.4shared.com/file/561tRkEM/RUTE_12_desenhos_para_colorir.html

domingo, 6 de junho de 2010

SUGESTÕES DE NOMES PARA CÉLULAS, TURMAS DE CRIANÇAS

OI AMIGOS!
A amiga Karina Silva deixou um recado aqui no meu mural me pedindo para ajudá-la com nomes para células infantis, eu não entendo muito sobre células não, mas acredito que seja um grupo de crianças onde a Palavra de Deus é ensinada.
Ela ainda não me informou se as crianças de sua célula têm uma faixa etária específica, eu dei como sugestão estes nomes à ela:
*JARDIM DE DEUS
*AMIGOS DE JESUS
*AMIGOS DE DEUS
*PEQUENOS HERÓIS NA FÉ
Queria que vocês participassem deixando um comentário nesta postagem, ou no mural aqui do blog outras sugestões de nomes para ajudá-la.
Vamos Participar Pessoal!!!

sábado, 5 de junho de 2010

LIÇÕES BÍBLICAS PARA AS CRIANÇAS - SÉRIE: RUTE: UMA HISTÓRIA DE FÉ E AMOR

Neste mês de Junho elaborei esta série com 4 lições para falar sobre o Amor de Deus e a fé expressa na vida desta grande mulher de Deus: Rute.
Se você trabalha com os Estudos Bíblicos que posto aqui não deixe de comentar como têm sido os resultados com suas crianças. E também se quiser enviar algo diferente que tenha feito para acrescentar a estas lições bíblicas, ficarei muito feliz de postar.
Que este estudo acrescente bastante as nossas vidas e a das crianças, em nome de Jesus!!!
Escola Bíblica Infantil
Lições Bíblicas: JUNHO – / 2010
Tema Central: RUTE: UMA HISTÓRIA DE FÉ E AMOR
DATA: 06/06
TEMA: FAMÍLIA BUSQUE A DIREÇÃO DE DEUS!TEXTO-BÍBLICO: Rute 1.1-5VERSÍCULO DO DIA: “Dirige os meus passos nos teus caminhos, para que as minhas pegadas não vacilem.” Salmo 17.5OBJETIVOS DA LIÇÃO: Ensinar as crianças que não devemos fazer nada sem antes consultar ao Senhor, a nossa confiança deve estar Nele.

INTRODUÇÃOQue bom! Mais um mês se inicia e nós estamos juntos para aprendermos mais da Palavra de Deus. Neste mês vamos conhecer uma história de fé e amor de uma moça que escolheu servir a Deus e que por isso teve sua vida transformada. Será que vocês sabem de quem estou falando?
Mas, antes de conhecermos esta jovem vamos conhecer uma família que por causa de uma escolha errada sofreu muito.

DESENVOLVIMENTOVamos abrir nossas Bíblias no livro de Juízes 21.25, quem pode ler?
O povo de Deus estava vivendo distante do Senhor, por isso cada pessoa fazia o que achava que era certo. Quando não buscamos na Palavra de Deus orientação para nossas vidas corremos sério risco de tomarmos decisões erradas que desagradam a Deus e que nos prejudicam.
Durante uma dessas épocas em que as pessoas faziam o que achavam melhor e nem se preocupavam em obedecer à Palavra de Deus, houve fome na terra, pois não choveu por muito tempo e o solo não produziu nada.
Na cidade de Belém, existia uma família, cujo pai se chamava Elimeleque, a mãe Noemi e os filhos: Malom e Quiliom. Eles estavam sofrendo com a fome.
A palavra Belém quer dizer Casa de Pão, como podia um lugar com um nome desses estar na miséria. O povo de Deus estava passando por aquela situação por causa da desobediência a Deus, eles não buscavam mais ao Senhor, como Deus poderia abençoá-los.
Elimeleque ficou sabendo que em Moabe, país próximo de Belém, havia muita comida.
E agora? Ele precisava fazer uma escolha: ficar na terra prometida ou ir para Moabe. Qual decisão vocês acham que Elimeleque tomou? (Aguarde respostas.)Na terra de Moabe, o povo adorava ídolos que eles mesmos faziam de madeira e pedra. Aqueles ídolos não podiam ouvir suas orações. Além disso, os moabitas não eram amigos do povo de Deus.
Mesmo sabendo disso. Elimeleque resolveu levar toda sua família para Moabe. Será que essa família duvidava que Deus pudesse providenciar o alimento para eles naquele tempo de fome? Parece que sim. A Bíblia, a Palavra de Deus nos ensina que devemos confiar no Senhor em todo o tempo, mesmo quando as coisas estão difíceis.
Por causa da escolha errada, os acontecimentos em Moabe foram péssimos para aquela família.
Deve ter sido difícil para Elimeleque, sua esposa Noemi e os seus dois filhos Malom e Quiliom, viverem entre os adoradores de ídolos, pois ele e sua família eram do povo de Deus, que adoravam o Deus verdadeiro, que criou o mundo.
Depois de algum tempo morando em Moabe, aconteceu algo horrível... Elimeleque morreu. Sua família ficou muito triste.
Agora Noemi estava viúva e com seus dois filhos: Malom e Quiliom, que casaram com moças moabitas. Malom casou-se com Rute e Quiliom com Orfa. (Atenção!!! Lendo o capítulo 1 do livro de Rute não fica muito claro com quem cada filho de Noemi casou-se, mas prosseguindo na leitura do livro, no capítulo 4 versículo 9-10 vemos Boaz dizendo que suscitará o nome de Malom ao casar-se com Rute. Daí entendemos que Malom casou-se com Rute e Quiliom com Orfa.)Mas, quando já fazia quase dez anos que estavam morando ali, a tristeza chegou novamente à casa de Noemi. Malom e Quiliom também morreram. E Noemi ficou só, sem os filhos e sem o marido.
Numa terra estranha, Noemi ficou sem o marido e sem os filhos. Ela ficou apenas com as duas noras.
CONCLUSÃOA família de Elimeleque sofreu porque preferiu tentar resolver seus problemas sem a ajuda de Deus. É isso que acontece quando não buscamos a Deus e tentamos resolver as coisas sozinhos, não teremos sucesso.
DATA: 13/06
TEMA: RUTE ESCOLHE O DEUS VERDADEIROTEXTO-BÍBLICO: Rute 1.6-22VERSÍCULO DO DIA: “... Eu lhes dou a oportunidade de escolherem entre a vida e a morte, entre a bênção e a maldição. Escolham a vida, para que vocês e seus descendentes vivam muitos anos.” Deuteronômio 30.19OBJETIVOS DA LIÇÃO: Aprender que entregar nossa vida ao Senhor é a melhor escolha que fazemos.
INTRODUÇÃOQuem aqui se lembra os nomes das pessoas da família que começamos estudar na semana passada?
O pai se chamava (Elimeleque) sua esposa se chamava (Noemi), os filhos eram (Malom e Quiliom) e as esposas dos filhos (Orfa e Rute).
O que será que Noemi resolveu fazer depois que perdeu seu marido e seus dois filhos?

DESENVOLVIMENTOImaginem como Noemi estava se sentindo?
Ela já era uma senhora, tinha perdido seu marido e os dois filhos que poderiam cuidar dela também tinham morrido. O coração de Noemi estava cheio de tristeza.
Mas Noemi guardava em seu coração a esperança de um dia voltar para sua terra, Belém
Um dia Noemi soube que o Senhor tinha ajudado o seu povo, o tempo de seca havia passado e que havia comida em Belém.
Ela resolveu voltar para a terra do povo de Deus, e suas noras também quiseram ir.
Antes de irem para muito longe, Noemi as aconselhou que voltassem a sua terra, para perto de seus pais.
Noemi disse às noras:
— Voltem para casa e fiquem com as suas mães. Que o Senhor seja bom para vocês, assim como vocês foram boas para mim e para os falecidos! O Senhor permita que vocês casem de novo e cada uma tenha o seu lar!Então Noemi se despediu das suas noras com um beijo. Porém elas começaram a chorar alto
Mas, elas disseram que gostariam de ficar com Noemi.
— Não! Nós não voltaremos. Nós iremos com a senhora e ficaremos com o seu povo.Porém, Noemi insistiu para que voltassem, pois assim poderiam se casar e começar uma nova vida.
Noemi sabia que tudo o que estava acontecendo era por estar longe de Deus, e que elas não tinham nada haver com isso.
Aí elas começaram a chorar alto outra vez.
Noemi não sabia o que iria acontecer com ela ao chegar a Belém, como seria recebida, ou onde poderia conseguir o seu sustento. Era um futuro incerto. Foi por esta razão que Noemi insistiu para suas noras voltarem a Moabe. Agora Rute e Orfa tinham que escolher para onde ir.
Será que elas vão continuar a viagem com a sogra Noemi?
Orfa enxugou as lágrimas dos seus olhos. Ela deve ter pensado consigo mesma:
— Noemi está certa. Se eu for com ela, pode ser que eu nunca mais veja Moabe de novo. Pode ser que eu nuca mais veja a minha família. E os meus amigos?Então, ela fez a sua escolha.
— Voltarei par Moabe. Voltarei para o meu povo e para os meus amigos.Então Orfa se despediu da sua sogra com um beijo e voltou para o seu povo que não conhecia o Deus vivo. A Bíblia diz que ela voltou para os seus deuses.
Mas Rute ficou. Ela também precisava fazer a sua escolha. Mas, o que será que ela vai decidir?
— Veja! — disse Noemi. — A sua cunhada voltou para o seu povo e para os seus deuses. Volte você também para casa com ela.Porém Rute respondeu:
— Não me proíba de ir com a senhora, nem me peça para abandoná-la! Onde a senhora for, eu irei; e onde morar, eu também morarei. O seu povo será o meu povo, e o seu Deus será o meu Deus. Onde a senhora morrer, eu morrerei também e ali serei sepultada. Que o SENHOR me castigue se qualquer coisa, a não ser a morte, me separar da senhora!Que declaração bonita Rute fez a Noemi. Ela não estava se importando com a dificuldade, mas queria ir com a sua sogra para Belém e seguir o Deus verdadeiro.
A jovem Rute aprendeu a ter fé em Deus através da sua sogra Noemi. Provavelmente enquanto morava em Moabe, Noemi sempre contava às maravilhas que o Senhor já tinha feito no meio do seu povo.
Como Noemi viu que Rute estava mesmo resolvida a ir com ela, não disse mais nada. Elas continuaram a viagem até Belém.
Quando chegaram lá, toda a cidade ficou agitada por causa delas. E as mulheres perguntavam:
— Esta é a Noemi?Porém ela respondia:
— Não me chamem de Noemi, a Feliz. Chamem de Mara, a Amargurada, porque estou com muita amargura.Quando saí daqui, eu tinha tudo, mas agora volto sem nada. Então, por que me chamar de Feliz, se estou tão triste e angustiada!
E foi assim que Noemi voltou de Moabe, com Rute, a sua nora moabita. Elas chegaram a Belém quando a colheita de cevada estava começando.

CONCLUSÃOBem crianças, Rute fez a melhor escolha da sua vida. Ela queria realmente pertencer ao povo de Deus. Deixou a sua terra e os deuses falsos para servir o Único e Verdadeiro Deus.
Nós também precisamos fazer uma escolha, a melhor escolha da nossa vida: Para ficarmos perto de Deus precisamos receber Jesus como nosso Salvador. Seu pecado o separa de Deus. Mas, o Senhor Jesus abriu um caminho para você pertencer à família de Deus. A Palavra de Deus diz em João 1.12.
DATA: 20/06
TEMA: RUTE: UMA JOVEM TRABALHADORA!TEXTO-BÍBLICO: Rute 2.VERSÍCULO DO DIA: “O Senhor, nosso Deus, abençoará vocês em tudo o que fizerem ...” Deuteronômio 28.8OBJETIVOS DA LIÇÃO: Aprender que quando estamos prontos a ajudar qualquer pessoa que precise de ajuda, Deus nos abençoa.
INTRODUÇÃOO que será que aconteceu quando Rute e Noemi chegaram a Belém? Vamos acompanhar esta história hoje, pegando nossas Bíblias.

DESENVOLVIMENTOQuando Noemi chegou a Belém, as pessoas estranharam muito a sua aparência, pois ela estava muito mais velha, cansada e triste. Como a aparência de Noemi não estava combinando com o significado de seu nome (agradável e alegre), ela pediu que a chamassem de Mara. Sabe por quê? Por que Mara significa infeliz e amargurada. Era assim que Noemi se sentia.
Será que Deus era culpado de todo o seu sofrimento? Claro que não! Elimeleque e Noemi saíram da terra prometida e foram para Moabe. Eles ficaram longe da vontade de Deus, e por isso muitas coisas ruins aconteceram para a sua família em Moabe.
Deus amava tanto Noemi que a trouxe de volta para Belém, com sua companheira, Rute.
Por falar em Rute, como ela deveria estar se sentindo numa terra distante, sem conhecer ninguém, longe dos seus pais? Acho que não estava sendo fácil para ela.
Rute e Noemi chegaram no tempo da colheita de cevada. A cevada é um cereal que pode ser usado para fazer pães, bolos, etc.
Naquela época, durante a colheita da cevada, depois que os trabalhadores cortavam e amarravam os feixes, muitas espigas caíam no chão. Os pobres podiam apanhar o que havia caído. Isso era lei de Deus para ajudar os necessitados.
Rute teve uma idéia e pediu permissão a Noemi para ir apanhar as espigas que caíssem no chão de alguma fazenda, pois eram pobres e não tinham o que comer.
Noemi permitiu que Rute fosse, mas não sabia quem a deixaria apanhar as espigas. Rute não era israelita, mas ao voltar com sua sogra Noemi, havia escolhido ficar perto de Deus. Rute fez a melhor escolha e, por isso, Deus tinha o melhor para vida dela.
Deus dirigiu Rute para entrar na fazenda de Boaz, homem temente a Deus e parente rico de Elimeleque, o falecido marido de Noemi. Mas, Rute não sabia que Boaz era um parente distante de seu falecido sogro.
Rute foi apanhar as espigas que caíam no chão da fazenda dele e os trabalhadores ficaram a observá-la.
Quando Boaz chegou à sua fazenda para saber como estava o andamento do trabalho, viu Rute....
Será que Boaz vai permitir que Rute apanhe as espigas na sua fazenda?
Boaz perguntou ao chefe dos seus trabalhadores:
— Quem é aquela moça ali?O homem respondeu:
— É a moabita que veio de Moabe com Noemi. Ela me pediu que a deixasse ir atrás dos trabalhadores, catando as espigas que fossem caindo. E assim ela está trabalhando desde cedo até agora e só parou um pouco para descansar debaixo do abrigo.Boaz chamou Rute e lhe disse que ela não fosse catar espigas em nenhuma outra fazenda, mas que catasse ali. Ela poderia trabalhar junto com suas empregadas e também se tivesse sede poderia tomar a mesma água que os empregados bebiam.
Rute ficou impressionada com a grande bondade de Boaz, aí Rute ajoelhou-se, encostou o rosto no chão e disse:
— Por que é que o senhor reparou em mim e é tão bom para mim, que sou estrangeira?Boaz então contou a Rute:
— Eu ouvi falar de tudo o que você fez pela sua sogra desde que o seu marido morreu. E sei que você deixou o seu pai, a sua mãe e a sua pátria e veio viver entre gente que não conhecia. Que o SENHOR a recompense por tudo o que você fez. Que o SENHOR, o Deus de Israel, cuja proteção você veio procurar, lhe dê uma grande recompensa.Na hora da refeição, Boaz convidou Rute para comer junto com seus trabalhadores. . Ela comeu até ficar satisfeita, e ainda sobrou.
Quando Rute se levantou para ir de novo catar espigas, Boaz ordenou aos empregados:
— Quando vocês estiverem colhendo, deixem cair de propósito algumas espigas dos feixes, para que esta mulher moabita possa pegar.Deixem que ela apanhe e não briguem com ela.Rute colheu bastantes espigas e da refeição que tinha feito guardou um pouco, depois levou para sua sogra também.
E assim Rute catou espigas no campo até de tarde. Depois debulhou os grãos das espigas que havia apanhado, e estes pesaram quase trinta e sete kilos. Pegou a cevada voltou para a cidade e mostrou à sua sogra o quanto havia catado. Também lhe deu a comida que tinha sobrado do almoço.
Então Noemi perguntou:
— Onde é que você foi catar espigas hoje? Onde foi que você trabalhou? Que Deus abençoe o homem que se interessou por você!Então Rute contou a Noemi que havia trabalhado na plantação de um homem chamado Boaz.
E Noemi disse:
— Que o SENHOR abençoe Boaz, que sempre tem sido bom, tanto para os que estão vivos como para os que já morreram!Noemi continuou:
— Esse homem é nosso parente chegado e um dos responsáveis por nós.Então Rute disse:
— Além de tudo isso, ele disse que eu posso continuar trabalhando com os seus empregados até acabar a colheita.Noemi respondeu:
— É bom que você vá com as empregadas dele, minha filha. Pois, se fosse trabalhar na plantação de outro homem, você poderia ser humilhada.Assim Rute trabalhou com as empregadas de Boaz e catou espigas até terminar a colheita da cevada e do trigo. E continuou morando com a sua sogra.

CONCLUSÃOBem crianças viram como Rute não se importava só com ela, mas também gostava de cuidar da sua sogra. Assim deve ser você quando tiver qualquer coisa, goste de compartilhar, ou então, quando puder fazer um favor para sua mãe, pai, avó ou qualquer pessoa faça com muito amor e alegria.
DATA: 27/06
TEMA: DEUS ABENÇOA RUTETEXTO-BÍBLICO: Rute 3-4VERSÍCULO DO DIA: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;” João 1.12OBJETIVOS DA LIÇÃO: Mostrar que quando recebemos Jesus Cristo como nosso Único Salvador nos tornamos Filhos de Deus.
INTRODUÇÃONoemi ficou muito contente, ao ouvir sobre como Boaz tinha tratado Rute tão bem.
Noemi contou para Rute que Boaz tinha parentesco com sua família. Ela pediu que a nora continuasse trabalhando na fazenda de Boaz, pois se fosse para outro lugar poderia ser maltratada.
Rute ia todos os dias a fazenda para catar espigas, até que acabou o tempo das colheitas do trigo e da cevada. E agora, onde Rute e Noemi iriam obter o sustento necessário? Que situação difícil aquelas duas mulheres estavam enfrentando! Ah! Mas Deus estava preparando algo muito especial para elas!
Prestem muita atenção, porque hoje vamos aprender o que mais o Senhor fez na vida de Rute e Noemi e saber como esta história terminou.

DESENVOLVIMENTOCerto dia, Noemi disse a Rute:
— Minha filha, preciso arranjar um marido para você, a fim de que você tenha um lar. Você lembra que Boaz, o homem que a deixou trabalhar com as suas empregadas, é um dos nossos parentes? Pois bem! Esta noite ele vai debulhar a cevada.Naquela época, havia uma lei em Israel que quando uma mulher ficasse viúva deveria se casar com seu parente mais próximo. Era chamado de parente remidor. Ele tinha o dever de dar continuidade ao nome da família, comprar a propriedade da viúva, mas tinha o direito de querer ou não assumir tal responsabilidade.
Noemi orientou Rute que conversasse com Boaz para que ele fosse seu parente remidor, ou seja, que ele se casasse com ela e comprasse a terra que era de Elimeleque.
Rute respondeu:
— Vou fazer tudo o que a senhora disse.À noite, Rute foi ao lugar onde debulhavam as espigas e começou a conversar com Boaz:
— O senhor é nosso parente chegado e por isso tem o dever de me proteger.Será que Boaz vai aceitar o convite de Rute?
Ah, sim! Boaz ficou muito interessado em Rute!
Mas, embora Boaz desejasse casar com Rute, sabia que havia outro homem, que era parente mais próximo da família, do que ele. Boaz disse a Rute que conversaria com o parente mais próximo e se ele não se casasse com ela, então ele casaria com ela.
Antes que a jovem Rute voltasse para casa Boaz disse:
— Tire a sua capa e estenda no chão. Ela estendeu, e ele despejou na capa uns vinte quilos de cevada e a ajudou a pôr no ombro.Aí Rute voltou para a cidade.
Quando ela chegou a casa, a sua sogra perguntou:
Como foram as coisas, minha filha?Rute contou tudo o que Boaz tinha feito por ela. E disse ainda:
— Ele também me deu toda esta cevada e disse: “Não volte para casa sem levar alguma coisa para a sua sogra.”Então Noemi disse:
— Agora, minha filha, tenha paciência e espere para ver o que vai acontecer. Pois Boaz não vai descansar enquanto não resolver esse assunto, ainda hoje.Boaz fez exatamente como prometeu a Rute. Ele era um homem honesto, e foi logo de manhã procurar o parente mais próximo para resolver a questão.
O parente mais próximo não quis assumir aquela responsabilidade, então Boaz ficou muito feliz!
Boaz comprou as terras que eram do marido e dos filhos de Noemi, também se casou com Rute.
Rute e Boaz estavam muito felizes! Agora ela não tinha mais que catar espigas. Era esposo do dono da fazenda e tinha tudo que precisava. Deus deu o melhor para Rute assim como ele quer o melhor para nós.
Depois de algum tempo, algo maravilhoso aconteceu para o casal: nasceu um bebê. Este filho era um presente especial de Deus. Ele recebeu o nome de Obede.
Ah! Mas havia alguém que também estava muito feliz. Será que alguém aqui sabe quem era? Noemi. Até as mulheres de Belém ficaram alegres. Noemi pegou o menino no colo e cuidou dele.
Depois de muito tempo, Obede também cresceu e um dia se casou e teve um filho chamado Jessé. Jessé é o pai do famoso rei Davi. Passado muito tempo, Deus escolheu Maria, que era da família de Davi para ser mãe de Jesus, o Salvador. Jesus nasceu em Belém, na mesma cidade onde moravam Rute e Boaz. Em Mateus 1.5 e Lucas 3.32 estão escritos os nomes das pessoas da família de Jesus; lá estão escritos os nomes de Boaz e Rute. Assim, Rute ficou muito conhecida, fazendo parte da família de Jesus.

CONCLUSÃOVejam só! Deus não deixou Rute e Noemi desamparadas. O Senhor uniu Rute e Boaz e assim começou a refazer a família de Noemi, é claro que nunca mais Noemi teria seu marido, Elimeleque, e seus dois filhos, Malom e Quiliom, de volta, mas agora ela não viveria mais como uma viúva triste, e sim numa nova família dada por Deus.
Deus providenciou um remidor (Boaz), e assim Rute se tornou parente de Jesus, através de seus descendentes. Deus enviou um Remidor, que é Jesus, e você poderá fazer parte da família de Deus se recebê-lo na sua vida, como o seu Salvador.
Rute foi abençoada porque escolheu servir e obedecer ao Deus verdadeiro.

A HISTÓRIA DE RUTE_MAIS ALGUNS VISUAIS COLORIDOS




Vi estes visuais em tantos lugares que não sei ao certo que os digitalizou e colocou na net. Se você teve o trabalho de scanear estas imagens e conhece meu blog, por favor, entre em contato, deixando seu endereço que terei o prazer de lhe dar os créditos.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

RUTE - A RESPIGADEIRA_para colorir


Mais alguns desenhos de Rute para colorir.

SELINHO ABRAÇO VIRTUAL - OBRIGADA ALERICE!!!

Ganhei este selinho da amiga Alerice, o blog dela http://alericepaiva.blogspot.com/
Primeiro eu dedico este selinho a você amiga Alerice, muito obrigada pelo seu carinho.
Há um tempo atrás ganhei um selinho e tive o trabalho de visitar os blogs que eu gosto de estar acompanhando e ofereci o tal selinho, mas para minha surpresa quase ninguém deu atenção.
Quero deixar um recado para os Amigos que possuem blogs e que não respondem as pessoas que os acompanham. Quando alguém comenta, lhe envia um e-mail ou deixa um recado se esforce para responder. Quem gosta de ficar falando sozinho? Quando não se é respondido há uma desmotivação em continuar seguindo tal blog.
Infelizmente, têm gente que me deixa falando sozinha!!!
Não sou perfeita, mas procuro de alguma forma atender a todos que me solicitam. Nem sempre a resposta dada pode talvez agradar, às vezes não chega a tempo, mas o que eu acho importante é pelo menos responder.
Dedico este selinho aos amigos autores dos blogs que eu sigo e que me dão atenção quando os solicito, aos amigos que me enviam e-mails e me retornam e aqueles que acrescentam através de suas vidas, usados pelo Senhor ao meu Ministério!!!
UM GRANDE ABRAÇO VIRTUAL À VOCÊS!!!
(Me desculpem a sinceridade, não gosto de externar certos sentimentos, mas às vezes essa relação entre internautas é difícil, mas quando você se sentir falando sozinho medite nestas palavras do Apóstolo Paulo, usado por Deus "...ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado." 2ª Coríntios 12.15)

quarta-feira, 2 de junho de 2010